Início » Relacionamento » Como esquecer um amor?
Relacionamento

Como esquecer um amor?


Esquecer um amor é uma das experiências mais complicadas que existem. Aliás, não é a toa que a arte e a ficção se esbaldam no tema com filmes e canções repletos desse mesmo assunto. Porém a grande maioria dessas obras foca somente na dor que é esquecer e muito pouco sobre o que fazer para que isso aconteça.



Bom, como diz uma canção do Frejat, “se nenhum amor dura para sempre, nenhuma dor também”, portanto é hora de sacudir a poeira e começar a reagir. E claro que existem algumas coisas que você pode fazer para tornar esse processo algo definitivo e menos doloroso.

Não fique remoendo o fim

Se o que aconteceu foi o fim de um relacionamento, tente não ficar remoendo o assunto e se perguntando o que aconteceu ou o que deu errado. O relacionamento terminou e se a outra pessoa não deu a menor indicação de que existe alguma esperança de reatá-lo, não faz o menor sentido ficar pensando sempre nisso. São pensamentos tentadores, porém eles atrasam sua recuperação em prol de algo novo.

Não fique procurando pelo ex:

Procurar pelo ex na tentativa de reatar o relacionamento também é algo bastante comum e é uma tentação que deve ser combatida. Por mais que você queira vê-lo ou sinta a falta da presença dele, isso só acabará ainda mais com sua autoestima e dificultará sua recuperação. Ok, sabemos que esquecer não é nada fácil, mas você também não precisa piorar a situação.

Vale lembrar ainda que “não procurar pelo ex” significa ainda dar um fim nas fotos (ou pelo menos deixá-las bem longe da sua vista), e deixar ligar para parentes ou amigos em comum para perguntar como ele está. Retirar o contato das redes sociais também ajuda, especialmente se o fim da relação for conturbado.

Outra coisa: não seja uma stalker. Isso rende piadas nas redes sociais, mas não representa nada de bom, especialmente se você estiver tentando esquecer.

Não alimente sentimentos de vingança ou rancor

A decisão de esquecer um amor costuma ser provocado por algum acontecimento traumático. Seja pelo outro ter colocado um ponto final ou ter feito algo que provocou a decisão de terminar, é importante não alimentar sentimentos de rancor indefinidamente – nem passar grande parte do seu tempo postando indireta em redes sociais, convenhamos…

Sentir rancor é normal? Claro que sim, afinal nós aqui não sabemos o que aconteceu no seu caso, mas acalentar esse sentimento de forma indefinida e tomar decisões com base nisso definitivamente não é saudável. Portanto, lembre-se de perdoar. É difícil, porém necessário. Perdoar também não significa esquecer, então isso faz com que a missão seja um pouco mais simples.

Afaste-se do que faz lembrar desse amor

Quando um relacionamento termina – ou quando você ama platonicamente e decide que já está na hora de dar um basta – é comum cercar-se daquelas coisas que lembram a pessoa amada: músicas, objetos, ir aos locais onde vocês frequentavam ou aqueles onde ainda é possível encontrá-lo, amigos em comum e tudo o mais.

Certo, isso não é tão extremo quanto procurar o ex, mas também é algo muito problemático. Cercar-se das lembranças de algo que terminou sempre atrasará o seu processo de cura. Portanto tente se distanciar disso também: coloque as fotos de casal de lado (jogue fora ou tire de sua vista), mude seus hábitos e conheça pessoas novas. A longo prazo isso fará muito bem.

Evite falar no ex ou no relacionamento

Não querer falar sobre o assunto é uma atitude normal, porém nem sempre sua família ou seus amigos colaboram com essa decisão. Não é por mal, geralmente é apenas falta de tato, mas tente ficar cercada por pessoas que te façam rir e falem sobre outros assuntos. Isso te fará enxergar que existe vida fora dessa relação e que o fim não precisa te consumir.

Outra coisa: não se iniba em pedir “com jeitinho” que parem de falar sobre o relacionamento passado, nem de se afastar de quem continua insistindo no assunto. Não vale a pena ficar bancando a educada quando insistir no assunto só vai trazer mais dor.

Dedique-se a um hobby

Como dizem os mais velhos “mente vazia é oficina do diabo”. Ok, talvez você não seja cristã, mas o fato é que ociosidade em uma circunstância dessas não ajuda em nada. Portanto encontre alguma coisa ao qual você possa se dedicar: um hobby, um novo plano… qualquer coisa para gastar suas energias. Transformar a fossa em uma coisa nova e bela. Acima de tudo útil. Não vale é ficar parada olhando para o nada.

Ainda assim é bom lembrar: não tome decisões impulsivas. Invista naquilo que realmente tem interesse e ainda assim quando estiver disposta a isso.

Viva o luto sem pressa

Por mais que você queira esquecer, sabemos que as coisas não são tão rápidas assim. Deixar um amor de lado é algo que requer tempo, e quanto mais cedo percebemos isso, melhor. Não adianta exigir demais e querer se jogar em outro relacionamento de cara. O segredo é simplesmente não ficar contando os dias no calendário.

Viver o luto pelo relacionamento é importante, desde que você tenha consciência de que isso não deve durar para sempre e que, mais cedo ou mais tarde, será preciso agir. Uma vez que você tome essa decisão, a cura acontecerá mais cedo ou mais tarde. E quando o novo amor acontecer, você estará pronta para deixar a bagagem emocional do relacionamento anterior de lado e viver essa nova relação com tudo o que tem direito e sem cometer os mesmos erros.

Utilize métodos alternativos

Saiba mais clicando aqui como Pablo Tuffano te ensina como esquecer um grande amor utilizando técnicas



About the author

Hanna Gonçalves

Falo tudo pertinente ao gosto da mulher. As últimas da moda, aquele bafão que está todo mundo comentando ou também artigos úteis para toda mulher! Sinta-se em casa pois aqui o espaço é seu :).

Add Comment

Click here to post a comment