Início » Dietas e Emagrecimento » Jejum intermitente: Como funciona este método?
Dietas e Emagrecimento

Jejum intermitente: Como funciona este método?

Você já ouviu falar no jejum intermitente? Se ainda não, aqui você vai descobrir tudo sobre este método que já conquistou milhares de pessoas. Confira!



Jejum intermitente: O que é e Como Funciona?

O jejum intermitente é um método de emagrecimento onde a pessoa fica alguns períodos do dia em jejum. Estes períodos são previamente programados de acordo com a necessidade e rotina de cada um. Talvez, para você que sempre ouviu falar que para emagrecer de forma saudável, é necessário comer de 3 em 3 horas, o jejum intermitente possa lhe parecer um método muito estranho, e incapaz de te levar ao emagrecimento.

jejum intermitente veja como fazer

No entanto, o fato é que toda vez que colocamos nosso organismo em jejum, ele se vê obrigada a tirar das reservas de gordura a energia que necessita para as atividades diárias, e isso faz com que você emagreça naturalmente. Além disso, o jejum intermitente traz outros benefícios que muitas pessoas já puderam experimentar. Conheça-os aqui.

Jejum intermitente: Benefícios

Entre os maiores benefícios do jejum intermitente está:

  • Aceleração do emagrecimento;
  • Diminuição da resistência à insulina, o que colabora para prevenir e tratar o diabetes;
  • Maior saciedade;
  • Ganho de energia e aumento do metabolismo basal (que é aquele em que você se encontra em situações de repouso);
  • Controle dos níveis de glicemia;
  • Queima das gorduras em excesso e não do músculo, o que irá proporcionar uma maior definição corporal.

Jejum intermitente: Os protocolos

Conforme já falamos aqui, o jejum intermitente deve ser feito de acordo com as necessidades e rotina de cada um. Para isso, existem alguns protocolos a ser seguidos. São eles:

1. Jejum de 16 horas

De acordo com este protocolo, você deve ficar 16 horas sem comer e 8 horas se alimentando normalmente, o que é conhecido como a “janela da alimentação”. Durante o intervalo de jejum só estão liberados:

  • Chás sem açúcar;
  • Sucos sem açúcar;
  • Água;
  • Café sem açúcar;
  • Bebidas zero açúcar.

O que comer durante a janela de alimentação?

Você deve se alimentar basicamente de:

  • Proteínas como carne, frango, peixes e ovos cozidos;
  • Alimentos ricos em gordura poli e monoinsaturadas que são as chamadas gorduras do bem, protetoras do coração e que tem ação antioxidante, colaborando para redução da gordura corporal. Estas gorduras podem ser encontradas em alimentos como o salmão, atum, azeite extra virgem, abacate e outros;
  • Carboidratos de baixo índice glicêmico, como os carboidratos integrais, que são ricos em fibras como os cereais integrais, pães e massas integrais;
  • Verduras à vontade;
  • Legumes;
  • Tubérculos como mandioca, batata doce e inhame.

O que evitar no Jejum Intermitente?

Para ter bons resultados com o jejum intermitente, você deve se manter longe de:

  • Carboidratos simples como o arroz branco, pães e massas a base de farinha branca. Isso porque estes alimentos favorecem o aumento da glicose, e consequentemente da insulina, o que por sua vez leva ao acúmulo de gordura, principalmente na região abdominal;
  • Doces em geral;
  • Alimentos industrializados.

Como você pode ver a prática de jejum intermitente de forma correta, deixa a sua alimentação diária muito mais natural, o que ajuda a equilibrar todo o organismo.

Vamos a um exemplo simples de como fazer o Jejum Intermitente de 16 horas:

Faça sua última refeição do dia às 20:00 horas e só se alimente ao12: 00 do dia seguinte. Durante todo o período de jejum apenas beba as bebidas liberadas, já aqui citadas.

2. Jejum coma quando tiver vontade

De acordo com este segundo protocolo, você deve se alimentar somente quando tiver fome. No início, pode até parecer difícil, mas aos poucos você vai aprendendo a escutar seu próprio corpo, a escutar seu próprio corpo, e comer somente quando tiver a fome física, real e não pela fome emocional que te conduz à compulsão alimentar.

O segredo para ter sucesso seguindo este protocolo, é ter a disciplina para fazer somente boas escolhas alimentares.

3. Jejum 24 horas

Este talvez seja protocolo mais difícil de ser seguido, pois nele, você deve ficar 24 horas sem se alimentar. Quer um exemplo? Você toma café às 8:00 da manhã e só faça a próxima refeição às 08:00 da manhã do dia seguinte. Este protocolo de Jejum intermitente deve ser feito apenas 1 a 2 dias na semana, lembrando-se de ter uma alimentação rica em fibras nesta refeição que antecede o jejum a fim de ganhar mais saciedade durante todo dia.

Jejum intermitente é para todos? Quem não pode fazer?

O Jejum Intermitente não pode ser feito por:

  • Mulheres grávidas;
  • Pessoas com doenças crônicas como diabetes e hipertensão;
  • Crianças e adolescentes.

Jejum Intermitente X Reeducação alimentar, Qual o melhor?

A resposta de muitos especialistas a essa questão é unânime, a reeducação alimentar combinada à prática regular de atividade física, é sempre o melhor caminho para emagrecer de forma saudável.

Pode fazer atividade física e Jejum Intermitente?

Não é recomendado fazer atividade física durante os períodos de Jejum Intermitente, isso porque os níveis de glicose ficam baixos neste período, levando você a ficar sem energia o suficiente durante os treinos. Nas horas em que estiver fora do período de jejum, ou seja, durante a janela de alimentação, se alimente de forma equilibrada, e assim é possível fazer atividade normalmente. 

Hora de compartilhar sua opinião

E então, o que achou do jejum intermitente? Você o considera um método adequado para eliminar os quilinhos extras? Se sim, compartilhe conosco a sua opinião.

 

Até a próxima!