Início » Cabelo » Minoxidil: Aliado na queda de cabelo. Como faz? Leia.
Cabelo Cosméticos / Produtos Estética

Minoxidil: Aliado na queda de cabelo. Como faz? Leia.


minoxidilA queda de cabelo é um problema que atinge homens e mulheres, independente da idade, e é responsável pela baixa estima de muitas delas. Pois saiba que o problema tem solução, e hoje viemos apresentar para vocês um produto que tem mostrado bons resultados: O Minoxidil.

Continue lendo para saber como ele age, suas indicações, cuidados e como usar.

O que é Minoxidil?

O Minoxidil é um medicamento que, durante muitos anos, foi indicado para o tratamento de doenças cardiovasculares. Porém, seu usuários começaram a perceber o aumento do crescimento de cabelo em várias áreas do corpo, inclusive em regiões já afetadas pela calvície. Foi aí que, nos anos 60, a medicina percebeu que a substância poderia ser uma potencial solução para a queda de cabelo e começou a desenvolver produtos com essa finalidade.

Acredita-se que a estimulação do crescimento dos fios se dê pelo aumento da vascularização das regiões afetadas, o que leva mais nutrientes e oxigênio para os cabelos.

Como usar Minoxidil?

No caso do tratamento para a queda de cabelo, o Minoxidil deve ser usado em versão tópica, ou seja, para ser aplicado diretamente no couro cabeludo em forma de creme ou gel. Ele é comumente encontrado com concentrações de 2% e 5%, mas o seu dermatologista pode indicar a melhor fórmula para a sua necessidade.

Ele deve ser aplicado duas vezes por dia, com os cabelos secos. O mais indicado é o uso de manhã e a noite, já que o Minoxidil precisa ficar em contato com o couro cabeludo por pelo menos quatro horas.

Os resultados começam a aparecer em média depois de três meses de uso, mas para obter resultados mais duradouros, o tratamento pode durar anos, por isso é preciso ser persistente.

minoxidil (1)

Mulheres podem usar o Minoxidil?

Sim! O Minoxidil é indicado também para o tratamento de calvície feminina, porém, nesses casos, o acompanhamento com um dermatologista é ainda mais importante. Isso porque existe o risco do crescimento de pelos em lugares indesejados, como o rosto, pescoço e costas. Por isso, o tratamento para mulheres geralmente é feito com a versão menos concentrada do Minoxidil, com 2%.

Outra questão em que as mulheres devem ficar atentas é que o produto não é indicado durante a gravidez e amamentação. Além disso, é preciso ter cuidado se você tem o hábito de descolorir os cabelos ou fazer procedimentos estéticos.

O Minoxidil pode ser combinado com outros tratamentos?

Sem dúvidas a combinação com outros tratamentos garante mais sucesso contra a queda de cabelo, portanto o Minoxidil pode ser usado junto de outros produtos, de acordo com a indicação do seu médico. Em casos mais extremos, é comum tomar o Pantogar e usar o Minoxidil.

Efeitos colaterais do Minoxidil

Como se trata de um medicamento ainda muito pesquisado pela medicina e indústria farmacêutica, não se tem um consenso sobre os efeitos colaterais do Minoxidil. Porém, algumas reações já foram observadas nos usuários da substância, como por exemplo

  • Coceira leve ou moderada no couro cabeludo
  • Queda de cabelo durante as primeiras semanas de tratamento
  • Oleosidade excessiva nos cabelos
  • Surgimento de caspa
  • Crescimento de pelos nas demais regiões do corpo
  • Dores de cabeça
  • Aparecimento de cabelos brancos

Por isso, frisamos que o acompanhamento de um profissional é indispensável durante o tratamento com o Minoxidil.

Outros usos do Minoxidil

Além da queda de cabelo, o Minoxidil vem sendo usado também por homens que desejam ter uma barba mais farta, estimulando o crescimento dos pelos na região do rosto. Muitas mulheres que desejam ter a sobrancelha mais farta também tem usado o produto aplicado diretamente nessa região. Porém, nenhum desses tratamentos deve ser feito sem acompanhamento médico.

E você? Já usou o Minoxidil? Conta pra gente nos comentários quais foram os resultados do tratamento!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...